12 E 13 DE NOVEMBRO DE 2015
12 de novembro das 9h00 às 19h00
13 de novembro das 9h00 às 13h00

Só para profissionais.
Entrada interdita a menores de 16 anos.


Info Exponor
+ 351 22 998 1400
 

TESTEMUNHOS


SGS

«A SGS é líder mundial em inspeção, verificação, testes e certificação. Somos reconhecidos como referência mundial em qualidade e integridade. Com mais de 80.000 colaboradores, operamos uma rede com mais de 1.650 escritórios e laboratórios no mundo todo.

As novas versões das normas ISO 9001 e 14001 constituem um novo desafio para as organizações certificadas. Pretende-se que a SPQ Expo/40º Colóquio da Qualidade seja um espaço de partilha dos objetivos das alterações destas normas.
É igualmente um espaço onde deve haver um amplo debate sobre as tendências normativas para sistemas, produtos e serviços.

Desde sempre que tem havido um apelo à alta gestão para a necessidade imperiosa da certificação ser  interpretada como ferramenta estratégica e de gestão. Só com o envolvimento da gestão de topo, o acreditar que se trata de uma ferramenta para a melhoria, é que a certificação passa a ser o verdadeiro meio para a eficácia. A nova versão da norma ISO 9001 dá um passo importante neste sentido levando os gestores a interpretar a qualidade como um imperativo para os seus planos estratégicos, nomeadamente, gerindo as organizações baseando-se no risco.
A certificação será no futuro próximo um braço da eficácia das organizações.

A certificação visa a melhoria contínua da organização “energizando” uma dinâmica de inconformismo, procurando fazer cada vez melhor, ser-se cada vez melhor. 

O primeiro grande valor distintivo da SGS está na seleção dos seus auditores e na ampla reunião de competências da sua bolsa de auditores. O outro grande valor que a SGS acrescenta às organizações é o facto da sua presença em 140 países contribuir para um enorme índice de  conhecimento acumulado no Grupo, as variadas acreditações internacionais e da reputação mundial que pode partilhar com os seus clientes.»

SGS

______________________________________________________________

«Há mais de 25 anos que a IQNet, The International Certification Network, se assume como uma das mais representativas associações de organismos de certificação do mundo e como uma das partes interessadas mais intervenientes e ativas na área da avaliação da conformidade.

Sedeada em Berna, na Suíça e constituída, atualmente, por 36 membros, organismos de certificação provenientes de 33 países e envolvendo cerca de 20.000 profissionais, a rede IQNet está presente em praticamente todos os países do mundo, sendo os seus membros responsáveis pela emissão de mais de 360.000 certificados de sistemas de gestão.

A IQNet, através da sua rede de parceiros, está estrategicamente orientada para contribuir de forma efetiva para a mitigação de riscos e para a melhoria do desempenho dos seus clientes, numa perspetiva de sustentabilidade e de benefício para o consumidor e outras partes interessadas.
 
Nos últimos 25 anos, a rede IQNet assumiu-se como um ‘hub’ de conhecimento e experiências, promovendo a análise e reflexão sobre temas relacionados com a avaliação da conformidade, impulsionando a competência dos seus membros e representando os seus interesses em múltiplos foros internacionais.

Importava pois celebrar de forma condigna e adequada este relevante percurso e seus resultados. No planeamento das inúmeras iniciativas relativas a celebração do 25º aniversário da IQNet, entre as quais se destaca a realização do Fórum APCER/IQNet no passado mes de Junho, coincidindo com a organização (pela APCER) da semana de reuniões da Assembleia Geral anual da Associação, foi considerada a participacao em eventos relevantes em matéria  da Qualidade e da Certificação, e em especial quando organizados nos países de origem dos membros da Associação.

A parte do referido, a participação da IQNet na 2ª edição do SPQ Expo/40º Colóquio da Qualidade encontra-se igualmente subordinada a motivacoes de natureza técnica, antecipando-se a oportunidade de analisar e discutir, com especialistas nacionais e internacionais, a actual envolvolvente das actividades de avaliação da conformidade, e em particular da certificação de sistemas de gestão,

Num momento em que foram publicadas novas edições dos principais referenciais normativos de suporte e em que se constata uma evolução nos requisitos dos clientes e nas exigencias dos mercados, urge analisar, identificar e introduzir elementos de credibilidade e modernidade nas actividades de certificação, considerando as diferentes expectativas das diversas partes interessadas. Como tal, a IQNet está convicta que este evento se afirmara como um espaço e um momento de valor para todos os envolvidos e interessados por estas temáticas.»

Pedro Castro Alves
Managing Director - IQNet

______________________________________________________________

«Ricardo Lopes Ferro - O Bureau Veritas é líder mundial em Testes, Inspeções e Certificação (TIC), prestando serviços de alta qualidade, apoia os clientes a enfrentar os desafios crescentes de qualidade, segurança, proteção ambiental e responsabilidade social. Como parceiro de confiança, o Bureau Veritas oferece soluções inovadoras que vão além do mero cumprimento com as normas e respectiva regulamentação, reduzindo o risco, melhorando o desempenho e promovendo um desenvolvimento sustentável.
O Bureau Veritas é reconhecido e acreditado internacionalmente pelos principais organismos nacionais e internacionais.

A primeira edição do Fórum da Qualidade permitiu reunir entidades e profissionais interessados nos temas da qualidade, ambiente, segurança e inovação que através das demonstrações, das mini ações de formação, dos workshops e dos expositores proporcionaram um colóquio de um maior dinamismo e contato com as demais partes interessadas, ao nível da qualificação; normalização e metrologia.

SPQ Expo - Quais as expectativas da BUREAU VERITAS nesta 2ª edição do SPQ Expo/40º Colóquio da Qualidade.

Ricardo Lopes Ferro - Para este ano esperamos uma participação mais significativa, pela importância do momento que vivemos para a competitividade das empresas e o papel que as novas normas (9001 e 14001) podem aportar às organizações. Assim, é expectável mais networking qualificado e interessado, com contacto próximo com os profissionais das diferentes áreas.

SPQ Expo - Como vê a Certificação num futuro próximo.

Ricardo Lopes Ferro - A nova ISO 9001 e 14001 vêem trazer muitas oportunidades às organizações que as interpretem e implementem por forma a extraiar o mais valor para a organização e as suas partes interessadas. Com 27 anos de atividade de certificação no grupo Bureau Veritas, podemos afirmar que esta é uma excelente oportunidade, tal como no seu tempo foi a revisão de 2000 na ISO 9001 para as organizações, a sua competitividade, eficiencia e projectos de internacionalização. Os mais de 100.000 clientes certificados que temos no Mundo permitem-nos perspectiva como positiva para as empresas esta revisão e  continuaremos a trabalhar para oferecer o maior valor acrescentado na respectiva certificação, bem como trazer para Portugal novos referenciais que permitam aos nossos clientes diferenciarem-se nacional e internacionalmente.

SPQ Expo - Que vantagens proporciona a Certificação.

Ricardo Lopes Ferro - A implementação de um sistema de gestão visa ajudar as empresas a organizar, controlar e consolidar as suas actividades através de procedimentos que asseguram a operacionalidade de acordo com uma abordagem de melhoria contínua. Um sistema de gestão tem dois objectivos: Optimizar o desempenho interno da Organização e Optimizar o desempenho externo da Organização envolvendo todas as partes interessadas. A certificação ajuda as organizações a confirmarem que o seu sistema está implementado.

SPQ Expo - Em que medida pode a BUREAU VERITAS, enquanto entidade certificadora e parceira de negócio,  acrescentar valor e contribuir para o desenvolvimento dos agentes económicos e da sociedade em geral.

Ricardo Lopes Ferro - A filial Portuguesa do Bureau Veritas está a ser utilizada por muitas empresas como plataforma para o mundo Lusófono e como interlocutor e “contract owner”, relativamente a países de outras geografias. Desta forma o cliente tem um interlocutor que conhece, sem obstáculos culturais, linguísticos ou outros, permitindo assim ter um serviço mais ajustado às suas reais necessidades. A forma como o Bureau Veritas se organizou internacionalmente e a aposta que faz em projetos transnacionais permitiu sermos a escolha e parceiro privilegiado para este tipo de projeto.»

Eng. Ricardo Lopes Ferro
Diretor Bureau Veritas Certification

______________________________________________________________

«José Leitão - A
APCER posiciona-se como parceiro global de negócio, disponibilizando serviços de certificação, auditoria & inspeção e educação & formação. A nossa atuação a nível global é realizada diretamente ou através de parcerias, destacando-se mercados como Portugal, Brasil, Espanha, Angola, Cabo Verde, Chile, China, Médio Oriente e Moçambique. A presença da APCER a nível internacional é reforçada pela sua participação na rede IQNet – The International Certification Network, formada por 36 organizações, em geral organismos de certificação líderes de mercado nos seus países de origem, que asseguram uma cobertura e representatividade mundial, através de mais de 200 subsidiárias e 360.000 certificados emitidos em praticamente todos os países do mundo, suportados em valores como confiança, credibilidade, competência, compromisso ou contributo. A APCER estabeleceu igualmente uma parceria com a ISACert, com sede na Holanda e que atua em vários países da Europa, Ásia, África e América. Esta parceria permite à APCER operar como representante exclusivo da ISACert em Portugal e noutros países, com um vasto leque de produtos para o setor alimentar.

A primeira edição do SPQ Expo teve um impacto muito positivo quer pela atualidade do seu conteúdo quer pela qualidade das intervenções proporcionadas pelos oradores convidados.

SPQ Expo -  Quais as expectativas da APCER nesta 2ª edição do SPQ Expo/40º Colóquio da Qualidade?

José Leitão - Que se confirmem os excelentes resultados da 1ª edição e que se torne cada vez mais num evento de referência no panorama nacional, e internacional, constituindo um espaço de partilha de conhecimento, com contributos técnicos e científicos das entidades de referência nos três subsistemas do Sistema Português da Qualidade.

SPQ Expo -  Como vê a Certificação num futuro próximo?

José Leitão - A APCER tem a noção de que a certificação é um processo que as organizações procuram cada vez mais no intuito de garantir a confiança nos seus produtos e serviços, assegurando a fidelização dos seus clientes, bem como a sua competitividade e desenvolvimento sustentável.

SPQ Expo - Que vantagens proporciona a Certificação?

José Leitão - A crescente globalização dos mercados tem levado a um aumento do nível de exigência dos clientes e da sociedade em geral. As organizações passaram a estar sujeitas a um ambiente de enorme pressão concorrencial pelo que, para serem competitivas e consequentemente sobreviverem, são obrigadas a alterações constantes.

De facto, mais do que levar um produto ou um serviço a um novo mercado, é fundamental que as organizações estabeleçam laços de confiança e parceria com as comunidades em que vão se inserir. Desta forma, as ferramentas de gestão utilizadas devem ser universais e com grande capacidade de adaptação às realidades e culturas locais, contribuindo assim para o sucesso da internacionalização das organizações, pois têm uma linguagem universal de gestão e são reconhecidas globalmente como boas práticas, permitindo, pela sua flexibilidade, o ajuste ao contexto do mercado e da cultura onde as organizações atuam.

SPQ Expo - Em que medida pode a Apcer, enquanto entidade certificadora e parceira de negócio,  acrescentar valor e contribuir para o desenvolvimento dos agentes económicos e da sociedade em geral?

José Leitão - A APCER vai continuar a trabalhar com o objetivo de disponibilizar aos mercados serviços sustentáveis e de valor acrescentado. Pretendemos continuar a ter um papel responsável para a sociedade em geral, mantendo uma cultura de proximidade com os seus clientes.»

Eng. José Leitão
CEO da APCER

______________________________________________________________


«
O Museu de Metrologia do Instituto Português da Qualidade tem a missão de promover a recolha, preservação, estudo e divulgação do património metrológico com interesse histórico, tendo reunido um espólio de cerca de 3000 peças, provenientes de todo o país.

Merecem destaque as coleções de padrões nacionais das várias unidades de medida, utilizadas em diferentes épocas históricas, que permitem classificar a metrologia nacional em três períodos fundamentais, anteriores ao Sistema Internacional de unidades (SI):

• A Idade Média, caracterizada pela diversidade de padrões e respetivos valores;
• A Formação do Estado Moderno (tentativa de criação de um sistema uniforme), com início na Reforma Manuelina, e na qual se enquadra também a reforma de D. Sebastião (Lei de Almeirim de 1575) e que teve continuidade com a dinastia Filipina (Ordenações Filipinas, a partir de1603);
• O Sistema Métrico Decimal, divulgado e promovido a partir de meados do séc. XIX.

Entre as peças mais relevantes e conhecidas, destacamos o conjunto de pesos manuelinos, que exerceu a função de padrão nacional desde o início do séc. XVI até ao séc. XIX, assim como outros padrões municipais da mesma época e os padrões de volume (para secos e para líquidos) criados no contexto da reforma de D. Sebastião.

Pela imponência e significado histórico, importa realçar também a Balança da Casa da Índia, feita no início do séc. XIX para substituir a original, perdida em 1755 na sequência do terramoto e maremoto que assolaram Lisboa.

O Museu de Metrologia do IPQ pretende ser uma referência nacional na divulgação deste património metrológico. Nesse sentido, não sendo possível estar permanentemente aberto em horário normal, promove a visita de grupos de pessoas (através de marcação prévia) à exposição permanente “Pesos e Medidas em Portugal” e a exposições temporárias de instrumentos de medição, normalmente associadas a efemérides históricas.

Embora o Museu seja visitado por grupos de pessoas nacionais e estrangeiras, de diversas proveniências, a maioria dos nossos visitantes são crianças do 3º e 4º anos do 1º ciclo do Ensino Básico que começam a aprender a conhecer e a utilizar as medidas e as respetivas unidades.

O Museu colabora ainda com outros museus e diversas entidades, através de troca de informação e empréstimo de peças do seu acervo.

É também comum a participação do Museu de Metrologia em diversos eventos, em todo o país, nomeadamente com a realização de pequenas exposições que permitem o contacto direto com uma amostra representativa de peças do nosso espólio.

Isto mesmo aconteceu na 1ª edição do SPQ Expo, na qual o Museu esteve presente com uma exposição de diversos instrumentos de medição de diferentes épocas e associados a grandezas diversas. Esta exposição foi visitada por muitos participantes, que tiveram a oportunidade de manifestar o seu agrado e, em alguns casos, surpresa, por desconhecerem a existência deste património e, também, do Museu que dele cuida e o dá a conhecer.

Face ao sucesso desta iniciativa, seria incompreensível que o Museu de Metrologia não voltasse a estar presente na 2ª edição de um evento com o relevo e a dimensão nacional que caracterizam o SPQ Expo, eventualmente o mais relevante na área da Qualidade e da Metrologia a realizar no presente ano.

Com a exposição que o Museu de Metrologia irá levar ao SPQ Expo, pretendemos dar a conhecer um pouco do nosso riquíssimo património metrológico e motivar os visitantes a interessarem-se por este património, algum ainda disperso pelo país, tornando-se agentes ativos da sua divulgação e contribuindo assim para a sua preservação, a nível local e nacional.
Contamos com a sua visita.»

António Neves
Curador do Museu de Metrologia do IPQ

______________________________________________________________

«O Instituto Português da Qualidade (IPQ) é um instituto público na tutela do Ministério da Economia, que tem por objeto promover a qualidade em Portugal, assumindo-se como um agente privilegiado de mudança no país, ao nível da economia interna e da competitividade internacional. A sua missão é gerir e coordenar o Sistema Português da Qualidade (SPQ) e os seus três subsistemas - Normalização, Metrologia e Qualificação - desenvolver políticas, disponibilizar infraestruturas e metodologias facilitadoras da afirmação da especificidade e da competitividade do tecido socioeconómico nacional, num contexto de globalização. O IPQ é o Organismo Nacional de Normalização e a Instituição Nacional de Metrologia.

A primeira edição do SPQ Expo realizou-se em 2013, aquando dos 30 anos do SPQ, testemunhando a atualidade do sentido da missão do IPQ em prol do desenvolvimento económico e social do País.

O objetivo de tornar o SPQ EXPO um evento de referência na área da qualidade foi plenamente atingido, conseguindo reunir, num mesmo espaço e num mesmo momento, um número muito significativo de organizações e profissionais que integram os três subsistemas do SPQ, com 800 participantes e 33 expositores. Ao longo dos dois dias, realizaram-se palestras em três auditórios diferentes e em simultâneo, com a presença de conceituados oradores nacionais e internacionais. Os cursos de formação congregaram mais de 300 participantes.

Entre outros aspetos positivos identificados na avaliação do evento, destacou-se o número de empresas expositoras, tendo a procura de stands ultrapassado as expectativas o que é decididamente relevante, num contexto de forte retração económica.

As entidades envolvidas puderam constatar que a sua imagem saiu melhorada com a realização de um evento que consideraram com um bom conteúdo, boa estética e com excelentes participantes, tanto ao nível das conferências, como de expositores e visitantes.

As expectativas em relação à 2ª edição do SPQ EXPO são as melhores. Este ano as 3 Entidades Parceiras - IPQ, APQ e EXPONOR – manifestam uma forte expetativa de que será possível imprimir um novo e maior dinamismo ao evento.

Uma das novidades é a realização do 40º Colóquio Anual da Qualidade, promovido pela APQ, no qual, entre outros reconhecimentos, será entregue o Prémio de Excelência Sistema Português da Qualidade (PEX-SPQ), distinção que tem por base o Modelo de Excelência da EFQM (European Foundation for Quality Management) e que promove o reconhecimento público das organizações instaladas em Portugal, que se destaquem pelos resultados obtidos através da aplicação dos métodos de Gestão pela Qualidade Total na Excelência Organizacional. 

A Exposição contará com stands, apresentando novas soluções, produtos e serviços, proporcionando aos visitantes a possibilidade de interagir com os especialistas do setor.

Será mantido o espaço para a Exposição “Metrologia: História e Evolução” que contemplará uma mostra de equipamentos de diversas origens, relatando a evolução e os vários momentos históricos da Metrologia em Portugal.

Serão realizadas sessões temáticas, como a “Metrologia na Saúde”; “Transportes”; “Turismo”, “A Nova Norma ISO 9001”; e “Regras e Procedimentos da Normalização Portuguesa”.

Num momento em que a Qualidade se continua a afirmar como um fator preponderante para a competitividade das empresas que operam no mercado global, o SPQ EXPO, com a presença dos parceiros do SPQ mostrando os seus produtos, serviços e soluções e as diversas ações cobrindo os três pilares, constituirá uma excelente oportunidade para que as empresas e os profissionais se possam diferenciar pela qualidade e inovação, tirando partido do benchmarking com as melhores práticas e metodologias e do reforço das estratégias baseadas na qualidade, na inovação e na excelência, em prol da sustentabilidade do desenvolvimento económico e social.»

Eng. Marques dos Santos
Presidente do IPQ – Instituto Português da Qualidade

______________________________________________________________


«A Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ) é uma Associação sem fins lucrativos, fundada em 1969, tendo sido reconhecida como Instituição de Utilidade Pública em 1984,  e que tem como propósito a promoção da Qualidade e Excelência Organizacional em Portugal.

A APQ não é uma empresa típica de mercado, mas sim uma Associação de profissionais e empresas com trabalho e empenho na área da Qualidade e afins. Um dos seus lemas preferidos - “Dos Associados para os Associados” - quer enfatizar a aposta em trabalhar preferencialmente com eles e para eles, desenvolvendo o conceito da Rede APQ.

De entre a variedade de serviços e atividades salientam-se:

1- Informação Técnica e Científica
2- Realização de Eventos
3- Formação Profissional
4- Projetos em parceria com Associados
5- Reconhecimento pelos Níveis de Excelência da EFQM
6- Certificação EQUASS
7- Estruturas Dinamizadoras da Qualidade
8- As relações internacionais com a EOQ, ASQ, EFQM, EPR, FUNDIBEQ

A 1ª Edição da SPQ Expo constituiu uma iniciativa pioneira de demonstração das atividades e dos impactes sociais e económicos da Normalização, Metrologia e Qualificação. A resposta das organizações foi boa e encorajou à realização da 2ª Edição, e esperamos que esta consolide a realização periódica deste Fórum, crie novas sinergias entre os parceiros e alargue a participação das empresas e de outras entidades.

Neste ano, a realização em conjunto com o 40º Colóquio da Associação Portuguesa para a Qualidade, sob o tema “Inspirar a gestão - melhorar o desempenho”  vai potenciar os benefícios para os expositores, visitantes e participantes do Colóquio.  Será com certeza o maior e mais relevante evento da área da qualidade em Portugal. Esperamos que seja uma fonte de inspiração para o movimento da Qualidade, uma motivação extra e a demonstração das potencialidades e realizações da qualidade ao serviço da competitividade da economia.

Vai ficar mais uma vez demonstrado que a qualidade não é burocracia, não é obra de entusiastas pouco interessados nos resultados, não significa custos acrescidos, não é mais uma obrigação, não é dispensável, e não está desatualizada.

Pelo contrário, as técnicas e métodos de controlo e gestão da qualidade assentam numa base sólida de ciência e tecnologia, que é uma mais-valia para a gestão, uma confiança para os clientes, um investimento seguro, uma garantia de sucesso e de futuro.

Nos tempos mais conturbados importa insistir na relevância que o SPQ pode dar à economia e à sociedade. O SPQ, sendo um Sistema assente em princípios e práticas claras, transparentes, e reconhecidas internacionalmente, e sendo gerido de forma integrada, permite a otimização de recursos e é ele próprio uma prova de que a qualidade gera dividendos, e contribui de forma clara e essencial para a competitividade.

A divulgação dos resultados obtidos pelas organizações, através das técnicas e métodos de controlo e gestão da qualidade, a afirmação da qualidade dos produtos e serviços, assim como a demonstração das capacidades técnicas das empresas e das infraestruturas tecnológicas, vão transmitir uma mensagem de valorização da qualidade e convencer aqueles que ainda percorrem caminhos e prosseguem doutrinas perigosas, ao acreditarem que a competitividade é possível sem a qualidade.»

António Manuel Ramos Pires
Presidente da Direção da APQ

Publicidade